As suas fantasias sexuais afinal são normais

Uma equipa de investigadores da Universidade de Montreal, no Canadá, concluiu que a maioria da população adulta sexualmente ativa tem fantasias sexuais comuns.

Os resultados foram obtidos através da análise de 1517 adultos (799 homens e 718 mulheres), residentes no Quebec (Canadá). E podem surpreender… ou não.

Muitas fantasias sexuais consideradas atípicas ou invulgares são na realidade frequentes – e, por isso, não devem ser logo consideradas desviantes ou patológicas, conclui este estudo canadiano.

Segundo o estudo, mais de 84% dos participantes admitiram ter fantasias sexuais em que sentiam amor pelo parceiro durante a relação sexual, faziam sexo oral ou, no caso dos homens, tinham relações com duas mulheres ao mesmo tempo.

De acordo com o estudo, 60% das mulheres gostavam de ser dominadas, espancadas, amarradas à cama ou forçadas a fazer sexo. Já os homens sonham com um ménage à trois, sexo anal (com mulheres) ou ver a sua parceira com outro homem.

“Clinicamente, existem fantasias sexuais patológicas, como o facto de envolver alguém no acto sexual de forma não consentida ou magoar a outra pessoa. Mas para além disso, quais são as fantasias anormais ou esquisitas?”, questiona a principal autora do estudo Christian Joyal.

A conclusão? A maioria das pessoas partilham os mesmos ‘desejos fantasiosos’: “O nosso objectivo foi tentar definir uma norma no que diz respeito às fantasias sexuais e, tal como esperávamos, é difícil de o fazer, já que existem mais fantasias comuns do que atípicas”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *